quinta-feira, 1 de junho de 2017

Representantes da Área Espacial Se Reúnem Para Debater Andamento de Projetos e Agenda Anual

Olá leitor!

Segue abaixo uma notícia postada hoje (01/06) no site oficial da FAB, destacando que representantes da área espacial estão reunidos no Centro de Lançamento de Alcântara (CLA) para debater andamento de projetos e a agenda anual.

Duda Falcão

ESPAÇO

Representantes da Área Espacial Se
Reúnem Para Debater Andamento
de Projetos e Agenda Anual

Reunião ocorre no Centro de Lançamento de Alcântara até a próxima sexta-feira

Por Ten Flávio Nishimori
Agência Força Aérea
Publicado: 01/06/2017 - 10:16h

Reunião do GIL.

Profissionais envolvidos na área espacial estão reunidos no Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), durante toda esta semana, para a primeira reunião de 2017 do Grupo Interfaces de Lançamento. A atividade, que ocorre periodicamente, envolve representantes do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE), Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (CLBI), Instituto de Fomento e Coordenação Industrial (IFI), Agência Espacial Brasileira (AEB) e do próprio CLA, para debater o andamento de projetos espaciais e a agenda de lançamentos para o ano.

Para 2017, estão previstos quatro lançamentos no CLA. A principal operação do ano será a Mutiti, que prevê o lançamento de um foguete VS-30 com experimentos científicos e tecnológicos como carga útil, em novembro. Na reunião, também serão abordados assuntos sobre o Veículo Lançador de Microssatélite e veículos VS-50, VS-43 e VBS-43. Serão apresentados, também, resultados da Operação Rio Verde, realizada em 2016, além de questões orçamentárias.

"A reunião do GIL é o momento ideal para reforçarmos os elos entre os atores envolvidos na questão espacial, além de permitir a demonstração de que os meios operacionais do Centro estão em constante modernização e em pleno funcionamento", disse o Diretor do CLA, Coronel Engenheiro Luciano Valentim Rechiuti.

GIL - O Grupo de Interfaces de Lançamento é regulado pela Instrução do Comando da Aeronáutica 60-1 e se reúne até três vezes ao ano para discutir, dar encaminhamentos e propor soluções para o andamento da atividade espacial no Brasil.


Fonte: Site da Força Aérea Brasileira (FAB) - http://www.fab.mil.br

Comentário: Bom leitor como eu havia previsto a tal “Operação Muititi” será mesmo realizada em 2017 e as outras três operações citadas na nota acima devem ser operações com foguetes de treinamento. Entretanto fiquei curioso com relação a esse VSB-43  citado. O que seria esse foguete leitor? Seria ele brasileiro ou mais um foguete resultado da cooperação com os alemães? Será o ano de 2018 um ano marcante para a tecnologia brasileira de foguetes de sondagem? Sinceramente a minha esperança não é grande quanto a isso, pois não acredito ser possível continuar desenvolvendo nada da forma como as coisas estão sendo conduzidas, mas enfim...

Nenhum comentário:

Postar um comentário